Produtos

PDV SAT

Sistema de Autenticação de Transmissão

 

 

SAT é a nova geração do cupom fiscal eletrônico de varejo.

Ele veio para substituir a ECF, e trazer benefícios.

 

 

Muito mais fácil do que se imagina, para começar a operar, basicamente você precisa ter o equipamento SAT-Fiscal, uma impressora Térmica (não fiscal) e um sistema gerenciador.

O equipamento SAT tem atualmente, obrigatoriedade apenas para o estado de São Paulo,
sendo que os outros estados aderiram ao NFC-e. Uma tecnologia semelhante ao SAT,
e que você pode saber mais clicando aqui.

 

Benefícios

Uma das melhorias foi a relação custo/benefício, que ficou melhor que seu antecessor ECF (Emissor de Cupom Fiscal). Além do baixo custo, mais agilidade e praticidade fazem parte dessa novidade!
Também não será mais necessário a entrega das obrigações acessórias como redução Z, leitura X,
mapa resumo de caixas, credenciamento e lacração de ECF, entre outras.

Envio direto da Nota Fiscal Paulista, apenas informando o CPF na Nota, ao final da venda.

Disponível com todas marcas de equipamento SAT do mercado!

 

 


Um para Múltiplos

 

Com os sistemas convencionais, você precisará ter um SAT para cada PDV.
Ou seja, terá o custo de um novo equipamento SAT a cada caixa do seu negócio. Com a FX Sistemas, você tem apenas um SAT para todos os caixas! É muito mais economia!

 

 

 

 

 Mais Vantagens da Emissão de SAT com a FX Sistemas

- Impressão não fiscal; 

- Simplificação do processo de emissão de nota;

- Envio automático das notas emitidas;

- Agilidade e facilidade para emitir suas notas;

- Integração com outras áreas (como estoque e financeiro);

 

 Consumidor

O cupom impresso possui um código chamado QR-Code, que possibilita o consumidor fazer a leitura pelo seu smartphone, e conferir a validade legal do cupom emitido, além de salvar as informações de forma digital em seu celular.

 

 

  

Porque ser FX Sistemas?

Além do preço, nosso diferencial é o atendimento ao cliente! Você entra em contato por telefone ou chat, e sua dúvida é resolvida na hora. Com atendentes simpáticos, treinados e sempre pronto para lhe atender!

 

 Faça o download grátis e sem burocracia, e teste por até um mês! 

 

 

 

NFC-e PDV

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica.

 

 A NFC-e, veio para substituir o já conhecido Cupom Fiscal.

Uma tecnologia moderna, prática e mais barata que seu antecessor.

 

Apesar de também imprimir uma via para o consumidor, o NFC-e (Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica), é um documento totalmente eletrônico, que é enviado instantaneamente na hora da compra para a SEFAZ. Trazendo com isso, agilidade, praticidade e economia para as empresas.

Uma tecnologia moderna e mais barata que seu antecessor ECF (Emissor de Cupom Fiscal), uma vez que não precisa fazer a lacração do equipamento fiscal, com a utilização da NFC-e a loja ganha, pois se precisar aumentar a quantidade de caixas, é muito mais fácil.

O consumidor pode verificar em tempo real a validade da sua compra, e faz isso com a leitura do QR-Code impresso no documento da compra. O Consumidor ganha em agiliza, comodidade e segurança.

 

Veja alguns dos benefícios:

– Dispensa o uso de hardware e equipamentos fiscais (que são muito caros);

– Impressão não fiscal comum ou a laser;

– Simplificação do processo de emissão de nota;

– Envio automático das notas emitidas;

 Agilidade e facilidade para emitir suas notas;

Envio Automático da Nota Fiscal Paulista (apenas informando o CPF ao final da venda);

 

Envio automático

Com um sistema simplificado e prático, você faz a venda, e o gerenciador faz o envio automaticamente da NFC-e para a SEFAZ.
 

Impressão e Comprovante

Outra novidade do NFC-e é que você pode imprimir o comprovante da forma que quiser, seja em papel A4 ou impressora de bobina não fiscal. Não sendo mais obrigatório o uso de impressoras lacradas, a NFC-e veio para trazer mais economia e menos burocracia.

  

Confira o Mapa da NFC-e

 

 

 

 

 

 

 

     

      Aderiu ao projeto NFC-e
     Aderiu ao projeto SAT*
     Aderiu ao projeto NFC-e, mas ainda sem obrigatoriedade
     Ainda não aderiu ao projeto NFC-e

 

 * Para emissão da NFC-e em São Paulo, é obrigatório também o SAT, para emissão em contingência. Para saber mais veja nosso PDV SAT.

 

 

 

Porque ser FX Sistemas?  

Além do preço, nosso diferencial é o atendimento ao cliente! Você entra em contato por telefone ou chat, e sua dúvida é resolvida na hora. Com atendentes simpáticos, treinados e sempre pronto para lhe atender!

 

  Faça o download grátis e sem burocracia, e teste por até um mês! 

 

 

Gerenciador MDF-e

Descrição

 

O MDF-e deverá ser emitido por empresas prestadoras de serviço de transporte para prestações com mais de um conhecimento de transporte ou pelas demais empresas nas operações, cujo transporte seja realizado em veículos próprios, arrendados, ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas, com mais de uma nota fiscal.

A finalidade do MDF-e é agilizar o registro em lote de documentos fiscais em trânsito e identificar a unidade de carga utilizada e demais características do transporte.

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados.

Fonte: Sefaz

Com o Gerenciador MDF-e da FX Sistemas, você está totalmente preparado para a obrigatoriedade!

Experimente por 1 mês grátis!

  

 

Folha de Pagamento

Calcule o holerite de seus funcionários.

Garantimos as integrações fiscais
mais rápidas e fáceis dentre todos concorrentes!

Nossa solução de Folha de Pagamento faz integrações com SEFIP, GRRF, CAGED, HOMOLOGNET e PIS, com uma eficácia incomparável, pois focamos em qualidade e praticidade, para que você tenha sempre os melhores resultados.

 

eSocial

Totalmente preparada e desenvolvida para o eSocial, e já gerando os arquivos do eSocial para Empregador Doméstico. A Folha se mantém sempre atualizada e dentro das normas federativas.


Holerite

Faz cálculos de maneira fácil e prática. Opção de lançamentos manuais, para você fazer o que precisa. Impressão dos holerites, contratos, relatórios, e com um diferencial: Envio dos holerites por e-mail! Do escritório para a empresa ou direto para os funcionários.


Integrações

Com uma auditoria interna, o sistema faz verificações importantes sobre os cadastros e lançamentos. Com isso as integrações ficam quase que perfeitas, gerando os arquivos magnéticos de forma eficaz! SEFIP, GRRF, CAGED entre outros, são facilmente gerado e enviados.


Utilidades

Nosso software de Folha de Pagamento, além de recursos indispensáveis conta com facilidades como autônomos, horistas, mensalistas, estagiários e aulistas. Elaboração de fórmulas e lançamentos programáveis, além de lançamentos fixos para as contas que são usadas com frequência. E uma poderosa ferramenta de integração, a Folha de pagamento é totalmente integrada a Contabilidade!

 

 

 

Gerenciador CT-e

Envie automaticamente seus conhecimentos de transportes para o governo.

 

 

Gerenciador CT-e

 

Conceito

Com a finalidade de reduzir custos de impressão do documento fiscal e de seu armazenamento, bem como de simplificar as obrigações acessórias, dentre outras vantagens, foi instituído o Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), por meio do Ajuste SINIEF 009/2007. 

Com base no § 1º da cláusula primeira do Ajuste SINIEF nº 007/2005, pode-se conceituar o Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviço de transporte de cargas realizada pelo modal rodoviário, aéreo, ferroviário, aquaviário e dutoviário.

 

Obrigatoriedade

A obrigatoriedade de uso do CT-e, foi aplicada a partir do final de 2013, sendo válida para todos os contribuintes.

Ressalta-se que a obrigatoriedade de emissão do CT-e não se aplica ao Microempreendedor Individual (MEI), de que trata o artigo 18-A da Lei Complementar nº 123/2006, de acordo com o Ajuste SINIEF nº 09/2007, cláusula vigésima quarta, § 2º.

 

Documentos Substituídos pelo CT-e

Considerando o disposto na cláusula primeira do Ajuste SINIEF 09/2007, a legislação nacional permite que o CT-e substitua os seguintes documentos utilizados pelos modais para cobertura de suas respectivas prestações de serviços:

a) Conhecimento de Transporte Rodoviário de Cargas, modelo 8;
b) Conhecimento de Transporte Aquaviário de Cargas, modelo 9;
c) Conhecimento Aéreo, modelo 10;
d) Conhecimento de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 11;
e) Nota Fiscal de Serviço de Transporte Ferroviário de Cargas, modelo 27;
f) Nota Fiscal de Serviço de Transporte, modelo 7, quando utilizada em transporte de cargas.

O Conhecimento de Transporte Eletrônico também poderá ser utilizado na prestação de serviço de transporte de cargas efetuada por meio de dutos. Os documentos que não foram substituídos pelo CT-e devem continuar a ser emitidos de acordo com a legislação em vigor.